Desembargadora JUDITE DE MIRANDA MONTE NUNES

 

Desembargadora Judite

 

A Desembargadora JUDITE DE MIRANDA MONTE NUNES nasceu em Natal/RN a 31 de dezembro de 1946, filha de Orígenes Monte e Maria Suzete de Miranda Monte, casada com José Sátiro de Souza Nunes, Procurador de Justiça aposentado, de cujo casamento tem cinco filhos e onze netos.

Bacharela em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, sendo aluna laureada da turma de 1969.

Antes de ingressar na Magistratura, assumiu os seguintes cargos: Adjunto de Promotor nas Comarcas de Taipu e João Câmara; e, Procurador Jurídico da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte.

Em 1971 foi nomeada para o Ministério Público, assumindo o cargo de Promotor de Justiça Substituto.

Neste mesmo ano, pelo critério de merecimento, foi promovida para o cargo de Promotor do Justiça da Comarca de Umarizal. Posteriormente, assumiu a titularidade do cargo nas Comarcas de São Tomé, Taipu e São José de Campestre, todas de 1ª entrância. Foi titular também nas Comarcas de 2ª entrância de Areia Branca, Lajes, Santana do Matos e Parnamirim. Assumiu, ainda, como titular, as Comarcas de Macau e Natal, nesta última como 3ª e 2ª Promotora de Justiça, ambas de 3ª entrância.

Em 1987 pelo critério de merecimento, foi promovida, para o cargo de Procurador de Justiça, sendo designada para atuar junto ao Gabinete do Procurador Geral de Justiça e perante a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Foi designada para representar o ministério Público perante a 2ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral deste Estado e na Comissão de Adoção do Estado (CEJARN).

Integrou as Comissões para Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, secção deste Estado, e do Concurso para o cargo de Promotor de Justiça Substituto do Rio Grande do Norte.

Teve seu nome aprovado para exercer o cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado pelo Decreto Legislativo nº 119 de 27/11/1997.

Por Decreto de 28/11/1997, foi nomeada para o cargo de Desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado, na vaga criada pela Emenda Constitucional nº 2, de 21 de outubro de 1997, correspondente ao quinto constitucional reservado aos membros do Ministério Público, conforme dispõe o art. 94 da Constituição Federal, e o art.74, inciso II, da Constituição do Estado.

No Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande Norte assumiu os seguintes cargos: Corregedor Eleitoral, Vice-Presidente e Presidente.

Atualmente, exerce o cargo de Presidente do Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte, para o qual foi empossada em 07/01/2011 para o biênio 2011/2012.